Rodrigo James

Harder, faster, improved

Muse e o jazz

Baixei em Brasília no sábado para assistir ao show do Muse no Porão do Rock.
Sinceramente, não consigo entender alguém gostar de rock e não gostar do Muse. Eles tem um pouco de tudo o que é preciso: punch, melodia, boas canções, ótimos músicos (não dá pra distinguir qual é o melhor), um show inacreditavelmente bom (mais tarde, texto no Alto-falante) e carisma.
E para os que dizem que houve dublagem, digo: não existe isso. Matt Bellamy toca com guitarra midiada e tem uma extensão vocal impar (coloquei isso aqui embaixo). Por isso dá a impressão de que existe alguma coisa fora do lugar. Ou muito dentro do lugar, como é o caso. Mas é quase um afronte falar que eles dublam algo.

Um dia depois, apresentei pela terceira vez consecutiva, um dos palcos do Savassi Festival. Um evento mais do que vitorioso, que reúne um público diferenciado, bonito, etc.

Videos do Muse daqui a pouco. Videos e fotos do Savassi Festival vou ficar devendo porque o cansaço não me permitiu fazer.

Já as fotos do Muse….

segunda-feira, agosto 4, 2008 - Posted by | alto-falante, musica, shows

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: